segunda-feira, junho 27, 2011

Fim de tarde


Deixa-me vendar-te...


E sente apenas...
Vou torturar-te de prazer...
Começar por unir a minha boca aos teus lábios. As nossas línguas, vão deslizar uma na outra com desejo.
Beijar-te o pescoço, percorrê-lo em caricias com os lábios.
Acariciar-te as mamas, beijar e lamber os teus mamilos, delicadamente, deixando-os duros.
Beijar-te o umbigo, descer mais abaixo.
Saborear-te. Passar a língua pela tua vagina... Fazê-la entrar dentro de ti.
Sair... Entrar... Sair... Entrar...
Passar os meus lábios pelo teu clitoris. Beijá-lo, sorvê-lo.
Continuar a lamber-te... Meigo, devagar... Como um beijo terno.
Arqueias-te, gemes, delicias-te.
Vens-te... Vens-te...
Provo-te numa plenitude suculenta...
No teu esplendor de mulher, preenches-me a boca de um sabor maravilhoso.


Toni
Fotos retiradas da net

3 comentários:

Lolita disse...

Adoro estar vendada quando me chupam o clit :) Só de pensar fico húmida!

Anónimo disse...

Intimidade. Confiança. Não no mundo em que vivemos.
Profundamente erótico.
Parabéns.

Feiticeira disse...

Adoro! Muito bom e palavras lindas!