segunda-feira, fevereiro 25, 2008

Espero-te...


Sedento dessa língua que me vai obrigar a gemer, de paixão, de amor, de loucura... denunciando a minha entrega... levando-te o sabor do meu delírio, libertado num prazer alucinante.


Toni
Foto retirada da net

1 comentário:

feiticeira disse...

Assim com tanta sede, tanto gosto, tanto amor, tanto desejo e tanta paixão, quem seria incapaz de não te fazer o mesmo, para te realizar, como no texto que escreveste e como na foto?