quarta-feira, maio 19, 2010

Voar


Eu queria ser astronauta
O meu país não deixou
Depois quis ir jogar á bola
A minha mãe não deixou
Tive vontade de voltar á escola
Mas o doutor não deixou
Fechei os olhos e tentei dormir
Aquela dor não deixou

Ó meu anjo da guarda
Faz-me voltar a sonhar
Faz-me ser astronauta e voar

O meu quarto é o meu mundo
O ecrã é a janela
Não choro em frente à minha mãe
Eu que gosto tanto dela
Mas esta dor não quer desaparecer
Vai-me levar com ela

Ó meu anjo da guarda
Faz-me voltar a sonhar
Faz-me ser astronauta e voar

Acordar meter os pés no chão
Levantar pegar no que tens mais à mão
Voltar a rir, voltar a andar
Voltar, voltar
Voltarei



Tim
Foto retirada da net

http://www.youtube.com/watch?v=Xhl1kcVsG9Y&feature=related

1 comentário:

Selénio disse...

Grande música, grande letra, grande intérprete e ENORME causa.


A todos aqueles que perderam as asas, ao menos que não percam a coragem...
...porque mesmo sem asas é possível voar.

"Acordar meter os pés no chão
Levantar pegar no que tens mais à mão
Voltar a rir, voltar a andar
Voltar, voltar
Voltarei"