quarta-feira, março 26, 2008

Desejos ardentes


Quando estiveres nua, serás unicamente minha.
Vou descobrir o aroma da tua pele, sentir as tuas curvas e beijar a tua boca com paixão.

Vou provar o teu corpo de mulher, percorrendo estradas de saliva, lugares de beijos, subindo ao cume dos teus mamilos, descendo ao vale das tuas coxas e colher o teu mel do amor.

Perdido de desejo, não resisto mais. Prendes-me entre as tuas pernas e com as tuas aveludadas carícias, quentes e húmidas, vais levar-me à completa loucura.

Então, a gemer o teu nome numa vertigem de orgásmico prazer, vou esvair-me em amor bem dentro de ti.


Toni
Foto retirada da net

1 comentário:

feiticeira disse...

Este texto que escreveste é rodeado de muito sexo, muita paixão muito desejo. Sorte daquela que estiver nas tuas mãos e ter-te dentro dela.