segunda-feira, janeiro 21, 2008

Um sonho de Amor


Toco-te. Todos os meus sentidos se rendem ao encanto dum momento mágico.
As chamas da paixão, o calor febril de um amor nunca consumado e o impulso avassalador do desejo, levam as nossas bocas à união sôfrega das línguas, à fusão intensa dos corpos.

Já não nascem estrelas nem morrem planetas. O Universo fica quieto, assiste simplesmente a este beijo desesperado, cheio dos sons húmidos da entrega plena, total, de corpos e almas que finalmente cedem à imensa vontade de se amarem, com uma urgência furiosa.


Fomos um dia, uma tarde, uma noite de amor.
Fomos corpos enlaçados, mãos dadas, olhos fechados, bocas coladas, sexos que se encontraram e gemeram alucinados.
Fomos palavras, confessando sentimentos que já não podiam ser calados. Fomos dois corações muito apaixonados. Foi assim, que pela primeira vez, nos amámos.


Toni
Foto retirada da net

1 comentário:

Feiticeira disse...

Nunca seria um dia, uma tarde,uma noite de amor, seriam varios dias, varias semana, varios meses, varios anos. Seria para sempre! Adorei o texto, está muito bonito, lindo cheio de paixão. Parabens!